segunda-feira, 17 de julho de 2017

Os Millennials e a Teoria U



Semana passada fui a uma palestra sobre a Teoria U com minha filha. A sala estava cheia de jovens na faixa dos seus vinte e poucos anos. Pessoas com brilho no olhar, buscando fazer a diferença e todos muito empolgados com a teoria de Otto Scharmer.

O que tinham em comum?

Setenta por cento tinha abandonado as corporações e o emprego CLT. Estranho pensar que em um pais com 14 milhões de desempregados, um grupo enorme de jovens está pouco ligando para a tal carteira assinada, FGTS, férias, etc.

Minha filha de 27 anos e meu filho de 25 anos também abandonaram o crachá há bastante tempo. Ela é consultora do Governo brasileiro para mudanças climáticas e ele está construindo sua carreira na música.

Mas o que está errado nas corporações?

Talvez a resposta que melhor explique o fenômeno seja a mais óbvia. O mundo mudou e as corporações continuam a seguir um modelo similar ao dos protetores do pretório, com pequenas mudanças. Nas escolas, a situação não é muito diferente, o que deve explicar a evasão física e anímica dos alunos.

Mas este modelo não tem funcionado bem até hoje? Parece que não mais...

Isso explica porque as pessoas e muitas organizações estejam se acotovelando para conhecer os conceitos de Otto Scharmer, criador do Presencing Institute e professor do MIT.  O autor propõe um sistema "eco-cêntrico" em vez de"ego-cêntrico", que possui três dimensões, a ecológica, a social e a espiritual.

Parece que as corporações não têm tido muito sucesso na dimensão ecológica, pois insistem no modo de produção linear, baseado na emissão de gases do efeito estufa, uso excessivo de recursos finitos e eliminação de inúmeras espécies.

Na dimensão social, a situação não é muito melhor. Por mais que a prosperidade tenha surgido para algumas Nações e alguns segmentos sociais, mais da metade daqueles que habitam o nosso orbe, ainda não possuem acesso aos bens mais triviais de qualquer sociedade, como água potável, saneamento e três refeições ao dia. Se falarmos de acesso à educação então...

Finalmente, a crise espiritual, que fica estampada nos inúmeros escândalos que contaminam o "core"do sistema e o vazio existencial que invade aquilo que Platão denominou de nosso "psique", principalmente os dos jovens, que buscam propósito em suas vidas, ainda com pouco uso.

Então os jovens fogem para as startups, projetos sociais e para a tal economia colaborativa. Ávidos por resolver a confusão criada pelas gerações quase anciãs, os millennials parecem nos dizer: "vocês podem nos dar licença e nos deixar trabalhar para arrumar esta bagunça?"

Vejo este Novo Êxodo de forma positiva. A busca por corrigir aquilo que não mais funciona e a mudança na nossa trajetória social/ideológica não será inédita.

Esta nova Revolução Cultural, igual a um "Uber Ontológico"vem para varrer os capítulos dos livros didáticos há muito tempo escritos, por mais que a reação jurídica do Status Quo esperneie nas Tribunas, nos Conselhos de Administração e nas telas midiáticas.

A Teoria U afirma que, apesar da reta ser o caminho mais curto, a reflexão forçada pela curva pode deixar evidente aquilo que os diversos Chiefs ainda não enxergaram. A Morada da Essência.




segunda-feira, 10 de julho de 2017

Até que enfim é segunda-feira!


São 00h23 minutos da madrugada de uma segunda-feira. As 9h00, reunião em cliente. Na parte da tarde, vídeo conferência com o Brasil todo.
E finalmente, hoje é segunda-feira! Dia de recomeçar. Rever aquilo que não está funcionando e tentar melhorar. Aprimorar aquilo que está dando certo.
Se vocês quiserem uma dica, digo que o mais importante é diversificar a carteira e começar a trabalhar para mudar o produto que hoje é vaca leiteira. Tenham certeza, as tetas vão secar.
Manter o propósito a cada momento. Quero dizer, a razão maior para que seja importante começar tudo de novo a partir das 9h00 de hoje.
E as 6h00 da matina, ou seja, daqui a pouco, ainda tem treino na academia do prédio. Minha personal não falta de jeito algum. Super profissional.
Uma semana perto daqueles que amamos é fundamental também. Não dá pra deixar apenas para o final de semana.
Comer menos proteína e gordura animal, além de laticínios é a meta de toda semana. Assistam ao documentário "What the Health"no Netflix.
E que as notícias da semana nos mostrem que existe esperança aqui nos trópicos.
Boa noite! Bom dia! Feliz segundona para todos!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Está faltando emprego, mas sobrando trabalho


Nesta época bicuda tenho recebido vários currículos por dia. Pessoas buscando uma recolocação CLT em momentos de baixa demanda e corte de custos.
Empregos estão em falta, mas percebo que está sobrando trabalho. Isto é, as empresas não conseguem abrir novas vagas, mas estão cheias de projetos que precisam ser executados.
Isto está sobrecarregando as equipes e abrindo muitas oportunidades para quem quer empreender e trabalhar por projetos.
Caso você esteja passando pela chamada "transição de carreira" fica ai algumas dicas:
Entre em contato com sua rede e pergunte pela possibilidade de trabalhar por projeto. Veja quais processos estão sendo empurrados para depois por falta de braços e verifique a possibilidade de assumir algum deles.
Se você nunca foi empreendedor, saiba que no seu futuro, este caminho estará cada vez mais presente. Abra uma empresa "simples", prepare uma boa página de apresentação na internet e descreva quais tipos de projetos você poderia assumir.
Coloque-se à disposição para treinar a equipe das pessoas na sua rede. Isto irá aumentar a produtividade deles e você poderá se tornar uma pessoa chave no seu futuro cliente ou até mesmo empregador.
Prepare uma estrutura de home office no seu doce lara para que possa se tornar seu QG por algum tempo... Ou por muito tempo.
Se você puder elaborar uma proposta de atuação com parte da remuneração variável por resultados, sairá na frente das outras pessoas a princípio tão competentes como você.
No mundo disruptivo que estamos inseridos, emprego CLT deverá ser eliminado em grande escala, mas oportunidades para "Pessoas S.A." serão a nova realidade do mercado e estas vagas dinâmicas surgirão por toda parte.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Cuide bem do seu Baby Boomer


Muitos profissionais na faixa dos quarenta anos começam a ficar preocupados com sua idade e a capacidade de continuarem no mercado de trabalho. Incrivelmente, algumas empresas entendem que uma pessoa nessa faixa etária talvez não consiga entregar resultados iguais a pessoas na faixa dos trinta.

Pois não concordo com isso. Profissionais seniores, com cinquenta anos ou mais possuem repertório. Passaram por vários tipos de organizações, tiveram todo tipo de chefes e sabem o que funciona ou não.

E o mais interessante é que profissionais seniores possuem mais clara sua Missão Superior, sua contribuição e legado para o mundo. Então, eles conseguem trazer para o ambiente corporativo uma atitude de significado maior do trabalho.

Energia também não falta para eles, pois sabem a importância de uma vida saudável e equilibrada.

Então, pense muito bem antes de desligar seu baby boomer!


segunda-feira, 26 de junho de 2017

5ª Turma - Em Busca da Sua Missão Superior



A formação que ajuda as pessoas a terem clara sua Missão Superior e auxiliá-las a implementá-la chega a sua quinta turma.

A Missão Superior é nossa razão maior de ser. É um compromisso que fizemos com o Universo e que devemos cumprir, pensando em nossa evolução.

Claro que para muitas pessoas, isto pode parecer uma grande bobagem. Nossa formação não foi pensada para estas pessoas.

Acreditamos que existe uma trajetória que conduz nossa existência. Obviamente, temos livre arbítrio e podemos fazer o que quisermos das nossas vidas.

Contudo, ao seguirmos um caminho que possui afinidade com nossa Essência e que permite o uso ampliado de nossas potencialidades, tudo fica mais fácil e com maior sentido.


Viver nossa Missão Superior significa ser protagonista da nossa história, ouvir nosso chamado interior e agir para nossa própria melhoria, da comunidade em que vivemos e de todo ecossistema Terra, por meio do trabalho que nos traz realização e felicidade.

A quinta turma ocorrerá de 1 de agosto de 2017 a 26 de setembro de 2017. Serão 9 encontros sempre às terças-feiras das 19h30 as 22h00.

Segundo a numerologia cabalística, nosso nome completo e nossa data de nascimento revela nosso destino e missão. O programa revelará a você esta informação, como mais um suporte a sua proposta de Missão Superior.

A sua proposta de Missão Superior será construída durante o decorrer do programa, que oferecerá a você também um plano de mudança pessoal, um plano de interação social e atuação global.

Se você pretende redirecionar sua vida para uma causa maior e ter um projeto alinhado às novas demandas planetárias, venha fazer este programa e dê um novo significado a sua jornada!


PROGRAMA EM BUSCA DA SUA MISSÃO SUPERIOR


Público alvo: pessoas nas mais diversas idades que necessitem redirecionar suas práticas, tanto na esfera pessoal como profissional, em busca de uma vida com mais significado e contribuição para a melhoria das condições de vida no planeta.

Este programa tem algum cunho religioso?
Não. O programa não irá promover nenhum tipo de doutrina religiosa, mas irá incentivar a espiritualidade, que significa a conexão com nosso Eu Superior, o que irá potencializar nossa ação conosco mesmos e com a sociedade em que vivemos.

Este programa é algum tipo de terapia?
Não. Ele assemelha-se a um programa de coaching coletivo, que visa orientar as pessoas a encontrarem suas próprias respostas e caminhos. Contudo, esse direcionamento deverá trazer mais alegria e significado para os participantes, o que poderá ter efeito terapêutico.

Este programa é algum tipo de aconselhamento de carreira?
Não. Ele é mais profundo do que isso, pois não ficará apenas na dimensão superficial da ação profissional das pessoas. O resultado poderá clarear as decisões tanto profissionais como pessoais de cada um.

Quando o programa ocorrerá?
Serão nove sessões que ocorrerão nos meses de Agosto e Setembro de 2017, das 19h30 às 22h, na cidade de São Paulo. Os encontros serão as terças-feiras nos dias: 1, 8, 15, 22 e 29 de Agosto e 5, 12, 19 e 26 de Setembro.

Qual o local onde o programa será realizado?
Os encontros ocorrerão na Av. Paulista, 807, 9º andar. Existe estacionamento próximo conveniado, mas sugerimos o uso do metrô.

Como será a metodologia do programa?
Serão discussões em grupo, com atividades de autoconhecimento, vivências e tarefas para construção do projeto da Missão Superior.

O programa terá algum tipo de investimento?
O programa terá o investimento de 440 reais, podendo ser pago em 2x no cartão ou em 2 cheques.

Quem irá conduzir o programa?
O programa terá como facilitadores um grupo formado por profissionais com vasta experiência em life coaching, consultoria, educação e desenvolvimento humano.

Como eu faço para me inscrever?
Primeiramente, verifique se você terá disponibilidade para participar de todos os encontros e principalmente, reflita se o programa proposto atende à sua busca interior. Não venha a procura de terapia e sim, de um significado maior para sua existência. Então, envie um e-mail para contato@liderancaeducadora.eco.br e passe seus dados, telefone e em breve você receberá um contato nosso.


PROGRAMA

PRIMEIRO ENCONTRO
Integração e Desenho do Contexto
* Por que faz sentido termos uma Missão Superior?
* Desafios do momento atual do planeta e nossa responsabilidade com a mudança.
* Nossa existência como um grande aprendizado.
* Integração da turma.

SEGUNDO ENCONTRO
Porque me orgulho da minha história
* Os setênios que vá vivi e meus ciclos de vida.
* Minhas fases de desenvolvimento.
* O que gosto de fazer e o que faço bem.
* Do que o mundo precisa?

TERCEIRO ENCONTRO
De onde Viemos e com qual Finalidade?
* O Logos cósmico.
* A cosmogênese e os sete super-universos.
* Os diversos planos de existência.
* O papel da Terra na evolução cósmica. 
* A constituição septenária do homem.
* A teoria da alma de Platão.
* Eu-superior e personalidade.
* A conexão de tudo e de todos.

QUARTO ENCONTRO
Minha Persona, Meus Pontos de Luz e Sombra
* Os nove tipos de personalidade no eneagrama.
* Crenças e valores limitantes e impulsionadores.
* Ponto de Luz e Sombras.
* O caminho espiritual dos nove tipos de personalidade.
* Meu destino e minha missão segundo a numerologia cabalística.
* A definição de minha palavra de poder.

QUINTO ENCONTRO
A Dimensão Pessoal da Minha Missão Superior
* Minha Roda da Vida.
* O peixe morre pela boca: o que como e falo.
* Minhas Práticas essenciais.
* Meu desenvolvimento pessoal.
* Minha dimensão instinto, sentimentos e pensamentos.
* Minha avaliação financeira.
* Primeira obra-prima: meu plano de mudança pessoal.

SEXTO ENCONTRO
A Dimensão Social da Minha Missão Superior
* Minha rede de relacionamentos.
* O papel da minha família na construção da minha Missão Superior.
* Meus grupos de interesse.
* Segunda obra-prima: meu plano de interação social.

SÉTIMO ENCONTRO
A Dimensão Global da Minha Missão Superior
* Meu momento profissional atual e futuro.
* Caminhos de atuação global: trabalho voluntário, empreendedorismo, atuação em organizações.
* Projetos sociais e formas de captação de funding.
* Do que o mundo precisa?
* Terceira obra-prima: meu plano de atuação global.

OITAVO ENCONTRO
A Oficina da Minha Missão Superior
* Revisão das dimensões pessoais, sociais e globais.
* Conectando tudo a tudo.
* Definindo as fases da minha Missão Superior.
* O necessário cronograma.
* Ultimas amarrações.

NONO ENCONTRO
* A apresentação ao grupo da minha proposta de Missão Superior
* Celebração!

Não perca mais tempo. Coloque movimento e significado na sua vida!









domingo, 11 de junho de 2017

2 x 0 é um placar perigoso




Numa noite de futebol, esparramado no sofá, meu time fez 2 x 0 sem muito esforço. Então começou a tocar a bola de lado, tentar dribles humilhantes e tripudiar sobre o adversário. Virei para meu filho e disse: "2 x 0 é um placar perigoso..."

Ele me olhou indignado e disse que eu ficava "gorando"o time... Dez minutos se passaram e o jogo estava 2 x 2... O futebol não perdoa...

Em nossas vidas, muitas vezes nos deparemos com o placar de 2 x 0. E constantemente, relaxamos.

Relaxamos quando tudo parece estar tranquilo em nossos relacionamentos.

Relaxamos após terminarmos nossa formação, parecendo que já fizemos nossa parte.

Relaxamos quando batemos nossas metas e o bônus fica garantido.

Relaxamos quando nossos clientes continuam comprando e parecem satisfeitos.

Então baixamos a guarda. Ficamos meio sonolentos e enfastiados.

E o adversário aguerrido penetra na nossa defesa, encontra volantes distraídos e zagueiros jogando com salto 15.

2 x 2

É compreensível relaxar quando tudo parece conquistado. Aí me lembro do "Seu Oswaldo", um senhor muito simpático, responsável pela manutenção numa empresa que trabalhei. Tudo estava sempre impecável e ele nunca deixava uma torneira pingando, uma lâmpada queimada ou um computador fora de operação.

E a gente sempre perguntava pra ele: "Tudo bem aí, Seu Oswaldo?""

E ele, com um leve sorriso, respondia satisfeito: "Tá tudo em ordem, mas o tinhoso tá sempre trabalhando pra derrubar a gente".

Acho até engraçado, mas sempre quando tudo parece tranquilo e o jogo vitorioso se encaminha para o final, fico pensando no tinhoso, escondido para nos pregar uma peça. É incrível a frequência com que isso acontece.